CONTRATO DE LOCAÇÃO

CONTRATO PARTICULAR DE LOCAÇÃO DE VEÍCULO(S) E DEMAIS CONDIÇÕES
Que entre si celebram: REFERÊNCIA LOCADORA DE VEÍCULOS LTDA., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob o n.º 85.490.746/0001-83, com sede na cidade de CURITIBA, Estado do Paraná, representada neste ato na forma de seu contrato social e alterações, doravante denominada LOCADORA e, na qualidade de Cliente Locatário, doravante simplesmente denominado CLIENTE, a pessoa física e/ou jurídica identificada(s) na(s) Proposta(s) de Locação de Veículo(s), doravante denominada simplesmente Proposta(s), cujo(s) documento(s) devidamente assinado(s) por quem de direito, integra(m) este Contrato, tendo entre si justo e acertado mediante as cláusulas e condições seguintes, que mutuamente aceitam, a saber:
1.1. Do Objeto. Constitui (em) objeto do presente Contrato a(s) locação (ões) eventual (ais) e/ou mensal (is) de Veículo(s) de propriedade, posse, uso ou gozo da LOCADORA ao CLIENTE, conforme especificado(s) na(s) Proposta(s), e aceita(s) pelo CLIENTE no ato de seu(s) recebimento(s) e assinatura(s).

1.1.1. A expressão “veículo” significa: automotor (es), alugado(s), incluindo pneus, ferramentas, equipamentos, acessórios, placas, chaves, documento(s) do(s) veículo(s), em perfeito estado de conservação que se encontra(m), cujos requisitos, condições e demais especificações, encontram-se todos mencionados na(s) Proposta(s) e demais documentos relativos assinados pelo CLIENTE, os quais integram o presente Contrato.

1.1.2. A locação eventual e/ou mensal de Veículo poderá ser destinada para pessoas jurídicas ou para pessoas físicas, opção esta que implicará ao CLIENTE a observância das respectivas e específicas responsabilidades, de acordo com a modalidade da locação contratada.

1.2. Da Proposta. A Proposta contém declaração do CLIENTE aceitando irrestrita e incondicionalmente todas as cláusulas e condições deste Contrato, bem como confirmação de haver recebido cópia fiel e de inteiro teor do mesmo e da Proposta. O Veículo locado será inteiramente identificado na Proposta constando suas condições no ato da entrega na Vistoria de Entrega de Veículo.

1.2.1. Fica estipulado de comum acordo entre as partes contratantes que, os deveres e obrigações constantes na(s) Propostas, vinculam irrestrita e integralmente o CLIENTE e o condutor do veículo porventura tenha sido indicado pelo CLIENTE, que pode ser o próprio CLIENTE ou um terceiro, (“Condutor Indicado”), assumindo o CLIENTE, de forma solidária em relação ao Condutor Indicado, a total responsabilidade CIVIL E CRIMINAL pelas condutas e informações prestadas à LOCADORA, bem como pelas informações de cunho pessoal em relação ao Condutor Indicado, constantes no presente Contrato, atestando ainda que estão corretamente habilitados perante a legislação vigente.
2.1. Das Vistorias. O CLIENTE se compromete em realizar a Vistoria de Entrega de Veículo e Vistoria de Devolução de Veículo juntamente com a LOCADORA. Caso o CLIENTE não efetue ou não esteja presente no momento da Vistoria de Devolução do Veículo, que obrigatoriamente será realizada pela LOCADORA, o CLIENTE assume integral e irrestritamente toda a responsabilidade por eventuais danos encontrados no Veículo.

2.1.1. O CLIENTE declara, neste ato, que recebeu da LOCADORA o Veículo e que após Vistoria de Entrega do Veículo concorda que o mesmo se encontra de acordo com a vistoria preenchida, completamente equipado, em perfeitas condições de asseio, funcionamento e conservação, comprometendo-se a entregá-lo à LOCADORA, dentro do horário de funcionamento da loja, no mesmo estado e condições em que o recebeu, até no máximo no prazo final deste Contrato, excluindo-se apenas os desgastes dos pneumáticos oriundos do uso normal do veículo.

2.1.2. O CLIENTE assume integral responsabilidade pelos danos eventuais que decorrer (i) do mau uso, ou uso indevido do Veículo pelo tempo que o mesmo estiver sob a sua guarda, bem como (ii) pelos danos, ainda que constatados posteriormente à Vistoria de Devolução do Veículo, sem que nova locação tenha sido efetivada (por exemplo, mas não exclusivamente, um problema no motor que não é possível detectar imediatamente no momento da Vistoria de Devolução do Veículo), em ambos os casos, independentemente de ter sido o dano causado pelo CLIENTE, pelo Condutor Indicado ou terceiro.

2.1.3. Na hipótese de devolução do Veículo fora do horário de funcionamento da LOCADORA, e como forma de evitar a cobrança de nova diária do CLIENTE, poderá a LOCADORA, excepcionalmente, receber o Veículo sem a realização da Vistoria de Devolução do Veículo, concordando o CLIENTE, desde já, que tal procedimento seja realizado no dia útil subsequente no primeiro horário de funcionamento, ocasião em que deverá se fazer presente para acompanhar o ato, não podendo opor qualquer reclamação a respeito de eventuais danos não constatados no ato da devolução, pelo que o seu não comparecimento implicará na aceitação integral dos termos da vistoria.

2.2. Perda de Documentos ou Chaves. Se a devolução do Veículo ocorrer desacompanhada dos documentos de circulação e/ou das chaves será cobrada do CLIENTE, a título de multa, em ambas as hipóteses, o valor equivalente a 01 (uma) diária vigente de locação do Veículo, para cada uma das infrações cometidas, além do pagamento das despesas necessárias para a obtenção de nova via dos documentos e/ou para confecção de cópia das chaves, acrescida(s) da(s) respectiva(s) taxa(s) de administração prevista(s) no item “4.2”.

2.2.1. Entenda-se como documentos de circulação o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (“CRLV”) fornecido pelo DETRAN onde consta os dados do Veículo, além de sua situação perante o IPVA e seguro obrigatório.

2.3. Do Tanque de Combustível. O CLIENTE declara por ocasião do recebimento do veículo, que a LOCADORA o entregou-lhe com o tanque de combustível com a quantidade informada na Proposta, devendo o CLIENTE devolvê-lo nas mesmas condições de quantidade na mesma localidade da retirada do Veículo.

2.3.1. Na hipótese de o Veículo ser devolvido com quantidade de combustível menor em relação à entrega, a diferença do combustível será cobrada de acordo com os valores estabelecidos por litro constantes na Proposta.

2.3.2. Caso o Veículo seja entregue pelo CLIENTE e/ou devolvido por este fora da loja da LOCADORA em quaisquer circunstâncias, valerá para efeito de cobrança de combustível a quantidade necessária para o retorno em qualquer filial da LOCADORA.

2.4. Da Limpeza do Veículo. Se quando da devolução do Veículo o mesmo não se encontrar nas condições de limpeza da entrega, será cobrada do CLIENTE, considerando o estado do Veículo, taxa de lavagem simples ou completa, de acordo com o preço praticado na ocasião, o qual deverá ser acrescido da respectiva taxa de administração, bem como do preço de uma diária de locação na hipótese da duração da lavagem comprometer nova locação que se iniciaria naquela data.

2.4.1. No caso de o Veículo retornar à loja durante o período de locação para efetuar as devidas revisões obrigatórias e quando da necessidade de efetuar a lavagem do mesmo, será cobrado do Cliente as respectivas taxas de lavagem.
3.1. Dos Requisitos Básicos. O CLIENTE declara que atende aos requisitos mínimos para locação e condução de Veículo, previsto neste Contrato, tais como: (i) ter no mínimo 21 anos de idade, (ii) ter carteira de habilitação a pelo menos 2 anos (nacional ou internacional); (iii) não estar com sua carteira de habilitação suspensa.

3.2. Portador de Necessidades Especiais. O portador de necessidades especiais para dirigir, com a devida anotação na Carteira de Habilitação, deverá consultar a LOCADORA para confirmar se dispõe de Veículos adaptados ou adaptáveis a suas necessidades.

3.3. Das Regras de Trânsito. O CLIENTE, independentemente de ser brasileiro ou estrangeiro, declara que conhece e obedecerá, integralmente, as regras de trânsito estipuladas no Código de Trânsito Nacional e demais Órgãos Internos de Trânsito.
4.1. Valor da Locação. O valor da locação será o valor total correspondente à somatória de todos os itens apuráveis, quando do fechamento da Proposta, tais como: diárias, quilometragens extras, horas extras, taxa de entrega e devolução, serviços, combustíveis, avarias, infrações de trânsito, multas, serviços de reboque e/ou guincho em caso de acidente e/ou defeitos causados pelo mau uso do veículo, despesas com diárias e taxas cobradas por órgãos de trânsito, despesas por serviços prestados por advogados e/ou despachantes para a liberação do Veículo, taxa de extravio de documentos, taxa de extravio de chaves, taxas de administração e quaisquer outras taxas ou impostos que porventura venham a ser instituídos por autoridades municipais, estaduais ou federais, e encargos financeiros em caso de atraso de pagamento, mas não o limitando a estes.

4.2. Valores Complementares. A LOCADORA poderá cobrar valores complementares ao previsto acima, na hipótese de prestação de quaisquer serviços adicionais, tais como, mas não exclusivamente, diárias extras, taxa de administração no percentual de até 20% (vinte por cento), danos e demais avarias previstas neste Contrato, sendo os Valores Complementares exigíveis simultaneamente ao reembolso/pagamento pelo CLIENTE à LOCADORA do valor objeto deste Contrato ou, caso observado após a realização do Termo de Devolução do Veículo, na data determinada pela LOCADORA.

4.3. Da Alteração do Odômetro. Na devolução do Veículo com o odômetro adulterado, será cobrado do CLIENTE o valor equivalente a 400 km (quatrocentos quilômetros) por dia durante todo o período da locação.

4.4. Da Devolução Antecipada ou Postecipada. No caso de devolução antecipada de locação mensal, a cobrança será efetuada da seguinte forma:

i. - Antes do 25.º dia, será cobrado conforme o valor da tarifa de locação eventual, considerando-se o número de dias efetivamente locados;
ii. - Após o 25.º dia, será cobrado o valor total da tarifa mensal contratada.
iii. - Após finalizar o primeiro mês de locação, o CLIENTE pagará as diárias em forma de pró-rata.

4.4.1. No caso de locação eventual/diária, a devolução antecipada ou postecipada do Veículo acarretará ao CLIENTE o pagamento do valor da diária prevista na tabela vigente no local onde o CLIENTE efetuou a locação, considerando o período de efetiva locação, haja vista a progressividade dos preços praticados.
5.1. Da Forma de Pagamento. O CLIENTE deverá efetuar o pagamento deste Contrato mediante cartão de crédito, antecipadamente por ocasião da abertura da Proposta. Havendo excedentes, serão cobrados quando da devolução, ou durante a locação, através de cartão de crédito ou cobrança bancária.

5.1.1. Da Cobrança de Valores Complementares. Conforme previsto na Cláusula Quarta supra, a LOCADORA fica, desde já, autorizada a proceder à cobrança de todos os Valores Complementares, podendo efetuá-la por intermédio bancário, débito automático ou cartão de crédito disponibilizado pelo CLIENTE. Tais Valores Complementares são devidos ainda que eventuais despesas sejam apuradas após o Termo de Devolução do Veículo, incumbindo à LOCADORA notificar ao CLIENTE a respeito do débito efetuado.

5.1.2. Não sendo possível a cobrança nas formas e condições do item acima, inclusive em relação aos Valores Complementares, ou não havendo pronunciamento do CLIENTE acerca da notificação realizada pela LOCADORA, NO PRAZO DETERMINADO, acerca do débito, ou ainda no caso de não acolhimento pela LOCADORA de eventual justificativa apresentada pelo CLIENTE, a LOCADORA poderá emitir documento fiscal relativo aos valores correspondentes aos débitos, com a consequente emissão de duplicata, restando-lhe facultado à LOCADORA proceder à sua cobrança por todos os meios legais admitidos, inclusive solicitando a lavratura de protesto do título, bem como o encaminhamento do nome do CLIENTE aos cadastros de restrição de crédito.

5.2. Da Garantia para Pagamentos a Prazo. O CLIENTE poderá negociar diretamente com a LOCADORA o pagamento a prazo deste Contrato. Em tais situações, a LOCADORA poderá exigir a qualquer tempo, uma garantia para os pagamentos futuros, com o que o CLIENTE, desde já, declara aceitar e estar de pleno acordo.

5.3. Da Atualização de Endereço. O CLIENTE, no caso de pessoa física obriga-se a manter atualizado seu endereço residencial ou domiciliar e, no caso de pessoa jurídica, o endereço de sua matriz ou filial (caso contrato seja feito com os dados da filial), devendo informar de imediato qualquer alteração à LOCADORA, sob pena de caracterização de descumprimento contratual e o ajuizamento da competente medida judicial.

5.4. Da Devolução de Valores pela LOCADORA. Na necessidade de devolução de eventuais valores ao CLIENTE, salvo nas hipóteses de disponibilização de créditos para futuras locações, o pagamento será efetuado pela LOCADORA em até 5 (cinco) dias úteis, contados a partir da confirmação da liquidação de todas as pendências relacionadas ao CLIENTE, através de crédito em conta corrente de titularidade do CLIENTE ou mediante estorno parcial da cobrança no cartão de crédito do cliente, caso aplicável.

5.4.1. Do Período de Tolerância. É considerado pela LOCADORA como período de tolerância, os primeiros 60 (sessenta) minutos subsequentes à hora determinada para a devolução do Veículo. Depois de decorrido este Período de Tolerância, o CLIENTE concorda que o atraso na devolução do Veículo implicará na cobrança de um adicional, da seguinte forma:

i. 1/5 (um quinto = 20% do valor da diária), por hora de atraso, até o limite de 2 (duas) horas; ou
ii. uma diária extra, caso o atraso seja superior a 2 (duas) horas.


5.5. Atraso no Pagamento. O atraso no pagamento implicará na cobrança pela LOCADORA do CLIENTE de:

(i) multa de 20% (vinte por cento), do valor total devido;
(ii) correção monetária de acordo com a variação do IGP-M ou, na hipótese de sua inexistência eventual índice similar; (iii) juros de mora de acordo com o previsto no art. 406 do Código Civil (ou seja, pela variação mensal da taxa que estiver em vigor para a mora do pagamento de impostos à Fazenda Nacional); e (iv) o eventual reembolso das despesas, custas judiciais ou extrajudiciais e honorários advocatícios extrajudiciais (no percentual de 10% - dez por cento) ou judiciais (no importe de 20% (vinte por cento), ambos a incidirem sobre o valor total do débito.
6.1. Do Prazo. O prazo de vigência da locação está previsto na(s) Proposta(s), onde se encontram expressamente indicadas às datas do início e do término da locação.

6.2. Da Prorrogação do Prazo. A prorrogação da locação ora contratada somente será permitida mediante a prévia e expressa concordância da LOCADORA, ficando o CLIENTE obrigado a informá-la, por escrito, via fac-símile ou e-mail, com antecedência mínima de 24 horas em relação à data de entrega contratada.

6.3. Não Devolução do Veículo no Prazo. O não cumprimento de tal obrigação e não ocorrendo a devolução do Veículo no termo final, caracteriza a posse ilícita e apropriação indébita do Veículo, ensejando a imediata reintegração de posse, sem prejuízo da responsabilização do CLIENTE por perdas e danos a que der causa e demais sanções cíveis e/ou criminais aplicáveis. Adicionalmente, o CLIENTE deverá efetuar (i) o pagamento dos aluguéis pelos dias excedentes utilizados, nos valores então vigentes; (ii) multa contratual de 20% (vinte por cento), calculadas sobre o valor total do Contrato e demais exigências aplicáveis conforme previsto na Cláusula Quinta supra; (iii), com todas as despesas judiciais ou extrajudiciais que a LOCADORA tiver na busca, apreensão e efetiva reintegração do veículo alugado.

6.3.1. No caso de inobservância do item acima, o CLIENTE perderá o direito a eventuais descontos, preços promocionais concedidos na Proposta.

6.4. Término da Locação. Independentemente da forma e condições da devolução do Veículo, para fins de delimitação das responsabilidades do CLIENTE sobre o Veículo, considera-se como encerramento da locação o instante em que o Veículo for devolvido à posse direta da LOCADORA.

6.5. NA HIPÓTESE DE FURTO, ROUBO, INCÊNDIO, COLISÃO OU PERDA TOTAL DO VEÍCULO, considera-se para fins de encerramento do "período de locação" a data da entrega do Boletim de Ocorrência e do Boletim Interno de Acidentes, na LOCADORA, juntamente com as chaves do veículo e documento do Veículo, fornecendo ainda dados de possíveis testemunhas, do policial que o atendeu e outras informações que contribuam para o esclarecimento do sinistro.

6.6. No caso de acidente, deverá o CLIENTE fornecer cópias dos documentos e demais informações do terceiro, tais como: (i) Carteira de Habilitação; (ii) Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo; (iii) telefone (s) e endereço (s) do terceiro e da(s) vítima (s). Caso CLIENTE não atender todas as exigências deste item fica o CLIENTE integralmente responsável pelo pagamento do valor total do prejuízo (danos materiais) e lucros cessantes do Veículo locado.

6.6.1. Considera-se PERDA TOTAL do veículo quando a soma dos valores dos reparos necessários a sua reutilização alcançar o montante equivalente a 50% (cinquenta por cento) de seu valor de mercado. Entenda-se como valor de mercado o valor de venda da tabela FIPE.

6.7. Da Rescisão Contratual. O Contrato poderá ser denunciado com 48 (quarenta e oito) horas de antecedência, desde que motivado, por ambas as partes, durante o período de locação, devendo o Veículo ser devolvido no local indicado na Proposta.

6.8. Mudança de Modalidade Contratual. Quando o CLIENTE quiser mudar a modalidade da locação (eventual/mensal/eventual) deverá comparecer na LOCADORA para formalização dessa mudança na Proposta.
7.1. Entregar ao CLIENTE o Veículo alugado, ou similar, devidamente revisado, limpo e em perfeitas condições de uso, bem como acompanhado dos documentos necessários para sua livre circulação em território nacional.

7.2. Dar atendimento via telefone (Central de Atendimento 0800) ao CLIENTE, em casos de pane ou defeitos mecânicos no Veículo, bem como esclarecer quaisquer dúvidas que por ventura possam ocorrer com relação a presente locação, através de sua Central de Atendimento.

7.3. Efetuar, às suas expensas, a troca dos pneus do Veículo a cada 40.000 (quarenta mil) km rodados, independentemente de tal distância ter sido percorrida exclusivamente pelo CLIENTE.

7.4. Realizar a Vistoria de Entrega e a Vistoria de Devolução, nos termos previstos neste Contrato.

7.5. Efetuar a cobrança dos valores, conforme os termos e condições ajustados neste Contrato.

7.5.1. Bloquear os Veículos que não tiverem com os pagamentos efetuados pelo CLIENTE dentro do prazo acordado.

7.6. A LOCADORA não oferece garantia, além daquelas oferecidas pelo fabricante do Veículo, ou quando o mesmo for utilizado indevidamente ou fora das vias urbanas e estradas oficiais.
8.1. Conduzir o Veículo com segurança e cautela, respeitando as leis e autoridades de trânsito e, garantir a integridade material do Veículo, equipamentos e acessórios que o compõe, estacionando o Veículo somente em garagens fechadas ou estacionamentos que possuam seguro contra furto ou roubo, sob pena, de não o fazendo, ficar integralmente responsável pelo pagamento de indenização à LOCADORA, sem direito de qualquer desconto ou reembolso, independente do benefício concedido.

8.1.1. Observar a existência de restrições de circulação de Veículos advindas de rodízio, nas localidades em que existam leis municipais locais aplicáveis.

8.2. Utilizar o Veículo somente em território nacional, sendo expressamente proibido ultrapassar qualquer fronteira com o Veículo.

8.3. Assumir integral responsabilidade pela condução do Veículo. Para fins de esclarecimentos, é expressamente proibido que outro motorista conduza o Veículo, caso o motorista não seja o CLIENTE ou o Condutor Indicado na Proposta.

8.4. Manter e trafegar com o Veículo em local seguro. Nos casos de impossibilidade de o Veículo trafegar, ou que seu funcionamento possa gerar maiores prejuízos, seja em razão de defeitos mecânicos ou acidentes, o CLIENTE se obriga a providenciar, por todos os meios que lhe são disponíveis, o recolhimento do Veículo sinistrado para lugar seguro, acionando a assistência 24 horas a fim de evitar maiores danos ou atos de vandalismo. O CLIENTE é responsável por todas as despesas do transporte e/ou translado do Veículo desde o local do acidente até a loja da LOCADORA mais próxima, independentemente do benefício concedido.

8.5. Arcar com todos os custos decorrentes de equipamentos e acessórios do Veículo que não estão cobertos pelo Valor Mínimo de Indenização / Participação Obrigatória do CLIENTE: os equipamentos e acessórios (faróis, lanternas, espelhos retrovisores internos e externos, rádio/CD/mp3), pneus, rodas de ferro ou liga leve, triângulo, chaves de roda, macaco compatível com o peso e carga do veículo, extintor de incêndio, acendedor de cigarros, protetor de cárter, bateria, capotas de fibra, chaves do veículo, estofamentos, calotas, antena, estepe completo, jogo de tapetes, para-sol, assentos e forrações danificadas, vidros inclusive danos ao pára-brisa, grades e documentos do veiculo CRLV), não podendo ser substituídos ou inutilizados, a não ser quando expressamente autorizado pela LOCADORA.

8.6. Observar e adotar as medidas necessárias para atender às exigências constantes no manual do Veículo quanto às revisões e manutenções preventivas, pelo que deverá comunicar de imediato à LOCADORA para que sejam tomadas as providências necessárias para garantir o regular funcionamento do Veículo, sob pena do CLIENTE assumir integral responsabilidade pelos danos causados ao Veículo e motor perante a LOCADORA. Na hipótese de perda da garantia de fábrica por culpa do CLIENTE, o CLIENTE responderá pelos custos de todas as revisões que se fizerem necessárias, acrescidos de multa no percentual de 20% (vinte por cento), sem prejuízo da indenização por lucros cessantes e demais penalidades contratuais e legais.

8.7. Informar, imediatamente, através da Central de Atendimento, quaisquer avarias e/ou reparos necessários no Veículo, bem como seguir, estritamente, a orientação da Central de Atendimento. Resta vedado ao CLIENTE a realização de quaisquer reparos ou serviços no Veículo sem a prévia e expressa autorização da LOCADORA, que não se responsabilizará pelo reembolso de quaisquer valores pagos pelo CLIENTE a tal título, caso não observadas as condições contratadas.

8.8. Efetuar o pagamento pontual dos valores envolvidos na locação.

8.9. Arcar com toda e qualquer multa de trânsito e seus acréscimos, conforme previsto neste contrato.
9.1. O CLIENTE autoriza à LOCADORA a indicar o condutor infrator do Veículo sempre que receber uma multa de trânsito relativo ao Veículo objeto deste Contrato, conforme Termo de Responsabilidade de Multas de Trânsito.

9.2. Na hipótese em que a LOCADORA não tiver condições de indicar o condutor infrator, o CLIENTE deverá fazer a indicação à LOCADORA num prazo máximo de 5 (cinco) dias a partir do recebimento da notificação a ser enviada pela LOCADORA, sob pena de incidir nas penalidades previstas no Código de Trânsito Nacional Brasileiro.

9.3. O CLIENTE arcará com o valor da multa de trânsito, acrescido de 20% (vinte por cento) em decorrência de custos administrativos incorridos pela LOCADORA e o valor taxa do correio para notificação ao CLIENTE e respectiva indicação do condutor. Tais valores serão cobrados pela LOCADORA do CLIENTE através de cartão de crédito ou cobrança bancária com vencimento contra apresentação.

9.4. A interposição de recurso administrativo junto ao Órgão de Trânsito competente, contra a imposição da infração de trânsito, não configura motivo para o não pagamento da multa de trânsito correspondente e demais custos supracitados, ou prorrogação de prazo para pagamento descrito no item anterior.
10.1. É proibida a utilização e condução do Veículo:

a) Para o transporte de cargas ou passageiros, mediante cobrança de qualquer natureza, ou ainda o transporte de pessoas ou bens, ainda que gratuito, além da capacidade informada nas especificações técnicas do Veículo;
b) Em teste de velocidade, rachas ou competições de qualquer natureza; para o transporte de combustíveis, explosivos ou qualquer outro material inflamável, de produtos proibidos por lei, bem como para qualquer outro fim incompatível com a finalidade descrita no Contrato;
c) Para uso incompatível com as características do Veículo ou em desacordo com a finalidade da locação;
d) Nas proibições contidas no Código Nacional de Trânsito;
e) Guinchar, empurrar e/ou rebocar outros veículos;
f) Quaisquer finalidades ilícitas;
g) Campanha política, exceto de existir autorização expressa da LOCADORA; e/ou
h) Em condições impróprias para circulação em vias de tráfego que apresentem risco ao Veículo, tais como áreas inundadas e dunas, bem como outros terrenos que não forneçam segurança para a integridade do Veículo.
11.1 - A LOCADORA não responde, direta ou indiretamente nem indeniza o CLIENTE nos seguintes casos:

a) Por qualquer indenização por danos materiais, morais e/ou pessoais causados ou sofridos pelo CLIENTE, e/ou seus passageiros ou terceiros;
b) Por qualquer indenização por danos materiais, morais e/ou pessoais causados por terceiros ao CLIENTE, ou aos seus passageiros;
c) Por bens ou valores deixados no interior do veículo;
d) Mal súbito ou problemas de saúde;
e) Atos ilícitos;
f) Despesas de diárias ou taxas em depósitos públicos ou particulares, em caso de apreensão do veículo ou necessidade de guarda em virtude de impossibilidade de locomoção devido a qualquer ato imputável ao CLIENTE;
g) Danos morais de qualquer espécie, lucros cessantes, causados ao CLIENTE, passageiros, motoristas autorizados e terceiros;
h) Lucros cessantes causados a terceiros;
i) Despesas de qualquer espécie, causadas ao CLIENTE ou terceiros;
j) Despesas com combustíveis;
k) Despesas com multas de trânsito;
l) Serviços profissionais de advogados;
m) Danos a pneumáticos e vidros dos veículos;
n) Danos na lataria, pintura, estofamentos ou partes mecânicas por descuido no uso do veiculo.
12.1 - O VALOR MÍNIMO DE INDENIZAÇÃO (VMI/PARTICIPAÇÃO OBRIGATÓRIA) previsto na proposta de locação será exigível do CLIENTE, independentemente de sua responsabilidade pelo evento causador dos danos ao veículo da locadora, bem como em casos de danos á terceiro (s).

12.2 - No caso de colisão ou avarias do veículo, quando o orçamento apresentado pela LOCADORA para reparos não ultrapassar o VALOR MÍNIMO DE INDENIZAÇÃO/ PARTICIPAÇÃO OBRIGATÓRIA previstos na PROPOSTA DE LOCAÇÃO o CLIENTE se responsabilizará apenas pelo pagamento do valor dos reparos a serem efetuados.

12.3 – O VMI/PARTICIPAÇÃO OBRIGATÓRIA CONSTANTE DESTE ITEM NÃO POSSUEM NATUREZA JURÍDICA DE SEGURO, NÃO PODEM SER ENTENDIDOS COMO FRANQUIA, BASEANDO-SE TÃO SOMENTE EM DIREITO OBRIGACIONAL DE CARÁTER MERAMENTE PECUNIÁRIO E PESSOAL ENTRE AS PARTES CONTRATANTES.
13.1 O CLIENTE será responsabilizado INTEGRALMENTE pelas consequências dos comportamentos ABAIXO, devendo reembolsar à LOCADORA as despesas por ela suportadas em razão do evento, inclusive os lucros cessantes derivados da não utilização do veículo.

13.2 - Quando se enquadrarem em quaisquer das CLÁUSULAS PROIBITIVAS OU IMPEDITIVAS OU DE VEDAÇÕES DE CONDUÇÃO DO VEÍCULO, constantes no presente CONTRATO DE LOCAÇÃO, e/ou terem agido com negligência, imprudência ou imperícia causando danos ao veículo da locadora ou a terceiros e/ou quando a conduta do CLIENTE e/ou condutor autorizado for a responsável pelo acidente.

13.3 - Quando restar comprovada condutas previstas no Código de Trânsito Brasileiro caracterizadas como infrações graves e/ou gravíssimas, dentre outras, citando os seguintes casos, a título de exemplos:

13.3.1 - Distância de segurança:
Art. 29, II (o condutor deverá guardar distancia de segurança lateral e frontal entre o seu e os demais veículos, bem como em relação ao bordo da pista, considerando-se, no momento, a velocidade e as condições do local, da circulação do veiculo e as condições climáticas).

13.3.2 – Acidentes e capotamento:
Art. 28 (o condutor deverá, a todo o momento, ter domínio de seu veiculo, dirigindo-o com atenção e cuidados indispensáveis a segurança do transito)
Art.169 (dirigir sem atenção e sem os cuidados indispensáveis);

13.3.3 – Excesso de velocidade:
Art. 218 (transitar em velocidade superior a máxima permitida para o local, medida por instrumento ou equipamento hábil, em rodovias, vias de transito rápido, vias arteriais e demais vias).

13.3.4 - Velocidade compatível:
Art. 220, VIII, XI (deixar de reduzir a velocidade do veiculo de forma compatível com a segurança do trânsito: sob chuva, neblina, cerração ou ventos fortes; sob a aproximação de animais na pista).

13.3.5 – Transitar pela contramão:
Art. 186 (Proibido transitar em vias com duplo sentido de circulação, exceto para ultrapassar outro veículo e apenas pelo tempo necessário, respeitando a preferência do veiculo que transitar em sentido contrario).

13.4 - Deixar de guardar o veículo em garagens fechadas ou estacionamentos; deixar o veículo em vias públicas ou não públicas, em quaisquer horários.

13.5 – Deixar de manter consigo a documentação CRLV do veículo.

13.6 – Deixar de apresentar o BO - boletim de ocorrência policial.

13.7 – Deixar de preencher o relatório de sinistro da locadora (Boletim Interno de Acidentes).

13.8 – Desligar o sistema antifurto/rastreador.

13.9 - Deixar de pagar ou atrasar os valores devidos à locadora.

13.10 – Deixar de devolver os documentos CRLV e as chaves do carro a locadora, em caso de furto e acidente.
14.1 - A LOCADORA não fará a substituição do veículo em caso de furto, roubo, incêndio, colisão, apropriação indébita, apreensão pelas autoridades competentes.
15.1 - O CLIENTE declara, concorda e fica obrigado a indenizar a LOCADORA e terceiros, de todos os danos que der causa em decorrência do mau uso, uso indevido e outros, relativos ao veículo, em virtude dos termos e condições estabelecidas neste contrato.
A LOCADORA não reconhece sob nenhuma hipótese e condição, o CLIENTE como seu agente ou preposto.

O presente contrato obriga, além dos contratantes, seus herdeiros ou sucessores, na locação firmada com pessoas físicas. No caso de contratação com pessoa jurídica, além de obrigar as entidades criadas por força de cisão, fusão e incorporação, na hipótese de dissolução irregular da sociedade, obrigará automaticamente seus sócios, observado o modelo da constituição societária.

O presente contrato rescindir-se-á de pleno direito nos casos de descumprimento de quaisquer de suas cláusulas e/ou, termos e/ou condições, ficando o infrator obrigado ao pagamento, para a parte inocente, de multa compensatória de 20% (vinte por cento) do valor total da contratação, sem prejuízo das demais penalidades legais e contratuais cabíveis.

Na hipótese da LOCADORA vir a ser acionada judicialmente por danos causados a terceiros pelo CLIENTE, fica desde já assegurado à LOCADORA, nos termos do art. 70, III, do Código de Processo Civil, de exercer seu direito de regresso contra o CLIENTE pelos valores de sua eventual condenação.

O CLIENTE, desde já, concorda em aceitar qualquer pedido da LOCADORA, independentemente de sua forma processual, para seu ingresso em processo judicial contra ela promovido por terceiros, vítima em acidente causado pelo CLIENTE na direção do veículo, comprometendo-se a reconhecer em juízo a limitação da responsabilidade da LOCADORA pelos danos contratualmente previstos e convencionados.

Em conformidade com a legislação vigente, Lei Complementar nº 116/03; Parecer COSIT/DITIR nº 351/93; Lei nº 8846/94, artigo 1º, § 2º e Lei nº 9532/97, a locação de veículos não é passível de tributação do ISS, pelo que a LOCADORA entregará somente via Correio ou email o documento fiscal (fatura de locação) relativo ao objeto desse contrato, uma vez dado seu encerramento.

O CLIENTE está ciente e reconhece que o sistema de locação de veículos da empresa REFERENCIA LOCADORA DE VEICULOS LTDA é formado por outra pessoa jurídica do mesmo grupo econômico (TRANSPORTES GRITSCH LTDA), com autonomia administrativa financeira e legal. Assim sendo compromete-se a resolver pendências judiciais ou extrajudiciais diretamente com a respectiva locadora identificada.

Os direitos decorrentes deste contrato, em relação ao CLIENTE, são totalmente intransferíveis sem expressa anuência da LOCADORA.

CONSTA NA PROPOSTA DE LOCAÇÃO a seguinte afirmação: “Esta PROPOSTA DE LOCAÇÃO E VISTORIA são partes integrantes do Contrato de Locação de Veículo(s) e Demais Condições, registrado no - 4º Ofício de Registro de Títulos e Documentos e Pessoas Jurídicas na cidade de Curitiba sob o nº 508.510 e microfilme nº 563.938, em 04/06/2013 e suas posteriores alterações e consolidações, cuja cópia o CLIENTE recebe neste ato, importando sua assinatura como sendo plena, irrestrita e incondicional adesão a todos os termos nele constantes”.